by catarina clemente

Hoje o dia foi praticamente todo dedicado à engenharia e por isso –   parto do princípio que ninguém quer ouvir falar em caudais e velocidades – não há grandes novidades.

Mesmo assim, e porque fiquei a trabalhar por casa, tive tempo de dar um passeio com a Petra e depois com a Pucca – ainda não consigo gerir sozinha um passeio conjunto – e, como gosto, apanhar pequenos tesouros do chão.

Today I devoted almost all day to engineering. I assume that nobody wants to hear about flow rates and speeds so there’s nothing special to tell you about.

But I had time to take a walk with Petra and then with Pucca (I’m not abble to manage a walk with both yet) and, I collected some little treasures from the ground as I like to do.  

Qual a probabilidade de encontrar, perdida, no meio das agulhas dos pinheiros, uma chave assim pequenina e amorosa? Deve ser baixa, por isso eu sou uma rapariga com sorte! O que será que  esta chave abriria? …

Do you know the probability of finding a little lovely  key like that one, lost in the middle of the pines? I don’t know, but I bet it’s quite low, so I can only conclude that I’m a lucky girl! I’m wondering “For what would this key used for?” …

E só para acabar, quero dizer que ontem experimentei esta  receita, (sem cardamomo, porque ainda não consegui encontrar) e não é má. Mas, da próxima vez, tenho de me lembrar de cortar no cravinho.

Before saying goodbye, I want to tell you about this recipe, I tried yesterday (without cardamom because I didn’t find it). It’s not bad, but next time, I must remember to reduce on the clove.

Advertisements