adoptar um cão

by catarina clemente

girls playing, originally uploaded by violeta from portugal.

Quando as vejo assim, felizes, não consigo evitar lembrar-me da primeira vez que as vi. Tanto uma como outra revelaram de imediato o seu carácter meigo e submisso. Mas a aparência não era a melhor. A sarna tinha tirado à Pucca grande parte do pêlo e uma hérnia na barriga parecia um tumor. A Zara estava magra e fraca. E, escusado dizer, ambas sujas e mal cheirosas. Agora é vê-las assim…

Há pouco tempo uma conhecida confessava-se incapaz de apanhar um cão, assim, na rua. Por estar sujo, poder ter doenças…

A bem dos muitos animais que vagueiam por aí- alguns deles abandonados pelos donos, mas nem quero falar nisso – sinto-me na obrigação de apelar, uma vez mais, à adopção de animais.

Não há que ter medo da sujidade e das doenças. Não é nada que um banho e uma visita ao veterinário não resolvam. O amor que eles têm para nos dar, em contrapartida, é imenso.

Advertisements