gestão de tempo

by catarina clemente

Um destes dias fui tratar de um assunto e dei de caras com uma fila considerável de gente, não muito bem disposta. Tinha tempo, estava longe de casa o bastante para não poder usá-lo de forma particularmente útil e conhecia um parque de merendas a 1 minuto de carro dali.

Parei numa pequena mercearia para comprar laranjas e chegada ao parque, tirei as sandálias e instalei-me na relva, com o livro que estou quase a acabar.

Havia por ali imensas famílias grandes, a aproveitar a tarde. Estavam longe o suficiente  para não as ouvir, mas conseguia sentir o ambiente descontraído, de férias. Acho que me contagiou.

Fiz o meu mini-piquenique e li um bocadinho. Estive ali  pouco mais de meia hora, mas saí de lá outra. Como se ali tivesse passado o dia inteiro. E obviamente bastante menos irritada do que se tivesse insistido em ficar na fila.

Depois, arrumei as coisas, dei uma pequena caminhada pelas redondezas e regressei ao meu assunto.

A fila tinha-se diluído. As pessoas mal-dispostas tinham ido embora. Tratei de tudo rapidamente e regressei a casa. Feliz da vida.

Às vezes consigo tomar boas decisões.

Advertisements