the love tree

by catarina clemente

Não aprecio o natal. Embaraça-me a onda de consumismo. Afligem-me os atropelos nos centros comerciais. Chateiam-me os procedimentos protocolares da quadra.

Mesmo assim, considero-o uma ocasião tão boa como qualquer outra para reunir com “quem se gosta” . Leia-se “reunir” –  juntar sob o mesmo tecto, mas leia-se sobretudo “re-unir” – (re)aproximar pessoas, estreitar laços, fortalecer relações. E é tão somente isto o que vos desejo. Acredito que nada mais é necessário (nesta época). E que poucas coisas (na vida) são tão necessárias quanto esta.

Entretanto, e porque este blogue  (não parece mas ainda) é sobre interiores, fica uma ideia modesta (e tardia) para uma (espécie de) árvore. O tema não é o natal mas aquilo que verdadeiramente importa dar e receber.

Advertisements