home

by catarina clemente

Há algumas semanas, encontrámos esta vitrina  num armazém de móveis em segunda mão. Dado o seu avançado estado de degradação – até porque se encontrava parcialmente debaixo de chuva – comprámo-la por um valor quase simbólico. Depois de uma boa limpeza, dedicámos vários dias ao tratamento e desinfestação. De seguida,  encerámos as zonas que não têm pintura.  Por fim, decidimos remover os vidros das portas que, além de se encontrarem em muito mau estado,  eram de fraca qualidade. Estamos a pensar se os substituímos por rede metálica ou se, simplemente, deixamos assim.

 

[vidros:  de um laboratório semi-abandonado;  bule:  chinesice; frasco de alumínio: sótão da avó; jarra: merci;  taça:  area]

Advertisements