army blankets

by catarina clemente

a propósito do cobertor cinzento que aparecia nestas imagens:

pertenceu à minha avó noémia e gosto particularmente dele porque me faz lembrar os antigos cobertores do exército cada vez mais (re)utilizados em ambientes contemporâneos.

 (a fronha de travesseiro com a rendinha delicada tem a mesma proveniência)

as casas das avós estão sempre cheias de tesouros!

via the paper jar

via design crisis

via ouno

 

Advertisements