boca doce

by catarina clemente

Devorei um romance melado inteirinho num serão, bebi (com esforço) a mistela açucarada do ttg e comi uma cremosa, húmida e negra fatia de bolo de chocolate que me soube pela vida.

Mas os momentos realmente doces dos últimos dias foram:

– receber flores da minha sogra e (mais) um casaquinho tricotado pela minha mãe

– vê-las falar da neta, sentadas à lareira

– estar com ele 24 horas por dia e

– (o melhor de tudo) rever aquele nariz pequenino e perfeito no écran do obstetra.

A vida não é perfeita… E apesar de tudo… É.

imagem daqui

Advertisements