chá

interiors. ideas. emotions. life.

detergente para a máquina de lavar roupa: a receita

blogged

ingredientes
8 litros de água
1 barra de 400 gramas de sabão azul
120 gramas de borato de sódio – à venda nas farmácias –
120 gramas de carbonato de sódio – à venda nas drogarias –
{atenção: não é bicarbonato de sódio!}

preparação
mede-se 1,5 litro de água, coloca-se numa panela de aço inoxidável, junta-se o sabão partido aos pedaços e leva-se a dissolver, em lume brando, mexendo de vez em quando. é importante que o sabão fique completamente dissolvido. adiciona-se o borato de sódio e o carbonato de sódio e mexe-se até ficar mais espesso. coloca-se a mistura num balde e juntam-se 6 a 7 litros de água quente e mexe-se bem. o detergente vai engrossando à medida que arrefece. (no fim, deve ficar com a consistência de um gel.) mexe-se de vez em quando até arrefecer completamente (demora algumas horas). guarda-se em garrafões.

modo de utilização
para uma máquina de roupa usar 1/4 de chávena (60 ml) de detergente
não é muito indicado para a roupa escura

para estas quantidades de ingredientes, gastam-se entre 3 a 4 euros.

Advertisements

queijo: a receita

pois que fui pedir a receita do queijo à minha mãe.
amanhã publico a do detergente.homemade cheesereceita para 1 litro de leite {para um queijo de tamanho regular, tipo serra, devem usar-se 4 litros de leite, ou seja, quadruplicar a receita}

ingredientes
1 litro de leite “do dia”
1 “suissinho” natural sem açúcar + a mesma medida de soro de leite
{o soro de leite é obtido na preparação do queijo. da primeira vez que se faz, não tendo soro, pode substituír-se por um segundo “suissinho”}

material necessário
1 mala térmica (para piqueniques)
frascos de vidro
1 coador grande
1 pano fino
1 aro

preparação
mistura-se o leite com o suissinho e o soro (ou com os dois suissinhos, da primeira vez) e coloca-se a mistura em frascos de vidro. enche-se uma mala térmica com água quente e mergulham-se os frascos. após a temperatura estabilizar, deve-se garantir que a água está a cerca de 40º, se necessário acrescentando água quente. (para evitar que a água arrefeça logo, é melhor usar leite à temperatura ambiente).
deixam-se os frascos mergulhados na água durante a noite. de manhã, transfere-se o conteúdo para um coador coberto com um pano fino e deixa-se a escorrer o soro para um recipiente. fica a escorrer um dia ou mais, dependendo da consistência desejada.
guarda-se o soro para utilizações futuras e coloca-se o queijo escorrido num aro, para dar a forma. (pode usar-se o aro de uma forma de bolo de abrir, uma peneira de pequeno diâmetro ou qualquer outro recipiente que permita conferir a forma circular mas que deixe que o soro restante continue a escorrer.) polvilha-se a parte superior com sal fino e leva-se ao frigorífico.
entretanto pode desenformar-se e colocar uma tira feita com guardanapos de papel em redor. fica uma semana no frigorífico, virando a parte de baixo para cima e polvilhando-a com sal. ao fim de uma semana, retira-se do frigorífico e mantém-se (fora do frigorífico) mais uma semana o processo de virar e temperar com sal diariamente. e está pronto a comer!

***adenda***

1. por “suissinhos” refiro-me aos queijinhos frescos tipo “danoninho”. no intermarché, existe natural, sem açúcar, da marca “paturages”
2. por “leite do dia”, refiro-me a “leite fresco”, por exemplo, da vigor. (como é pasteurizado, possivelmente pode ser consumido por grávidas, sendo necessário ter muita atenção às datas, mas nada como aconselhar-se com o médico)