as coisas são como são

by catarina clemente

“as coisas são como são, nem melhores nem piores, nem bonitas nem feias. o segredo está em encontrar beleza em todos os estados daquilo que nos rodeia”

lembram-se deste sítio? está a ser remodelado pelo grupo lanidor e é agora um outlet das marcas lanidor, lanidor kids, globe, quebramar e casa batalha e neste momento a zona dos antigos escritórios já está aberta ao público. não foram feitas grandes modificações: as paredes foram pintadas, o pavimento de madeira foi recuperado e as janelas substituídas. as antigas salas/gabinetes são agora espaços atribuídos a cada marca e onde estava o balcão da receção está agora o balcão da loja. há também um pequeno espaço reservado às lãs para tricotar. nas paredes, há fotografias do espaço tal como se encontrava, degradado, até há pouco tempo. e, na entrada, o texto que (em parte) citei no início.

a escolha não é muito variada, há poucos números da mesma peça e muitas peças únicas, peças com defeito e também algumas peças em segunda mão. mas para quem gosta de uma boa pechincha pode valer a pena. eu não encontrei o que ia à procura mas comprei uma peça para a carmo com 75% de desconto. o que gostei mesmo foi da transformação do espaço e do respeito para com a sua história.

para quem quiser visitar, fica em valongo do vouga, águeda.
a antiga fábrica da lã (antes)a antiga fábrica da lã (depois)antiga fábrica da lãantiga fábrica da lã

Advertisements